05. Alegria inexplicável

Texto  Bíblico

“Portanto, alegrem-se com isso, ainda que agora, por algum tempo, vocês precisem suportar muitas provações. Elas mostrarão que sua fé é autêntica. Como o fogo prova e purifica o ouro, assim sua fé está sendo experimentada, e ela é muito mais preciosa que o simples ouro. Isso resultará em louvor, glória e honra no dia em que Jesus Cristo for revelado. Embora nunca o tenham visto, vocês o amam. E, ainda que não o vejam agora, creem nele e se regozijam com alegria inexprimível e gloriosa, pois estão alcançando o alvo de sua fé, a sua salvação.” (1 Pedro 1:6-9 NVT)

Meditação

É fácil identificar a pessoa mais alegre, difícil é ser a pessoa mais alegre. Mas, com palavras do apóstolo Pedro sobre a alegria da nossa salvação, talvez isso não seja tão improvável. Ele afirma cheio de convicção que quando a recebermos plenamente teremos uma satisfação inexplicável. Mais uma vez ele não está negando ou diminuindo o impacto das adversidades em nossas vidas, que insistem em desafiar nossa fidelidade à vontade de Deus, mas reiterando que seremos preservados, nós e nossa herança, até aquele dia. Para deixar bem claras as proporções dessas realidades ele diz que nossas angústias são temporárias e breves.

Alguém disse que se exagerássemos nossas alegrias assim como fazemos com nossas perdas, os problemas perderiam a grande importância que damos a eles. Dizendo assim parece até que não conheço a gravidade do momento que vivemos, no qual a apreensão faz companhia às notícias cada vez mais preocupantes. Não estou alheio a isso, mas sei que as provações, embora nos inquietem, têm sobre nossa fé o mesmo efeito de purificação que o fogo produz no ouro. Por meio delas podemos perceber quão inadequadas são nossas reações de incredulidade, apesar de tantas promessas e demonstrações do cuidado divino sobre nós. A soma de todas elas deveria resultar em adoração constante pela glória partilhada conosco em Cristo. É triste pensar, no entanto, que o cristianismo tem se nutrido muito mais do medo do que da alegria.

A tensão escatológica presente em todas as dimensões do que nos está prometido para agora e para o futuro é inevitável. Mesmo assim não há razão para adiar o gozo da felicidade, esperança, fé e amor que já nos foram dados em Cristo, porque eles são também reflexo de nossa expectativa pelo que Deus tem preparado para o amanhã. Em resumo, não importa o tempo, passado, presente, ou futuro, ou a condição, de sofrimento ou não, a alegria é um imperativo bíblico, é componente do fruto do Espírito, é dada por Ele, e acompanha as certezas das Escrituras.

Um homem, no século III, à beira da morte, escreveu a um amigo: “É um mundo ruim, um mundo incrivelmente ruim. Mas descobri no meio dele um povo calmo e santo que me ensinou um grande segredo. Eles encontraram uma alegria mil vezes melhor que qualquer prazer de nossa vida pecaminosa. Eles são desprezados e perseguidos, mas não se importam. Eles são donos de suas almas. Eles venceram o mundo. Essas pessoas são os cristãos, e eu sou um deles.”

Que bom se assim pudermos ser descritos!

Leia  também 

Salmos 30:5; Mateus 5:4-5; João 2:2, 15:11; Romanos 8:17; 2 Coríntios 4:17-18, 10:31; Colossenses 3:4; 1 Timóteo 6:8; Tiago 1:1-4; Hebreus 12:2.

Sugestões  para  Discussão  em  Grupo 

  • Que pessoas, situações, ou contextos, têm impedido que desfrutemos da alegria inexplicável a qual se refere o apóstolo Pedro?

Sugestão  de  Oração

“Ó, Deus, perdoa-nos quanto permitimos que a tristeza e ansiedade dominem nossos corações. Pedimos a ajuda do teu Santo Espírito para vivermos em alegria inexplicável, a despeito de todos os problemas. Oramos em nome de Jesus Cristo! Amém!”

Arquivo

Devocional 05 – Alegria Inexplicável.pdf

Print your tickets