Processo de autonomia da CBMoema? O que é isto?

05 de fevereiro de 2013

Estatuto da CBMoema trará inovações para garantir representatividade e transparência

A praticamente um mês do domingo marcado para o culto de constituição da CBMoema como igreja local autônoma, os cinco grupos de trabalho – Legal, Finanças, Comunicação, Governança e Estratégia – trabalham nas diversas providências necessárias.

Na semana que passou, pode-se dizer que o estatuto social foi praticamente concluído. De acordo com Douglas Yamashita, advogado e frequentador da CBMoema que lidera o grupo que trata das questões legais, buscou-se no texto garantir representatividade e transparência. Para tal, pesquisaram diversos estatutos vigentes, dentre os quais o da Igreja Batista do Morumbi e o da Comunidade Batista Vida Nova, extraíram as melhores práticas e inovaram alguns tópicos.

Antes, no entanto, de destacar os principais conceitos embutidos no texto, segue um breve resumo sobre como funcionará, em termos estatutários, a CBMoema:

– Cinco grupos (não distintos) irão compor a igreja: assembleia geral, diretoria, presbitério, conselho presbiterial e pastores;

– A assembleia geral é formada por todos os membros (saiba como se tornar um membro);

– A diretoria é composta por quatro membros e eleita pela assembleia geral;

– O presbitério é composto por dez pessoas sendo quatro delas os membros da diretoria, duas delas os pastores e as demais quatro indicadas pela assembleia geral e escolhidas pelos pastores e diretores;

– O conselho presbiterial é formado por pessoas indicadas pelo presbitério envolvidas nas diversas áreas de ministério. Sua função é exclusivamente consultiva.

“Não encontramos nenhum outro estatuto com um conselho presbiterial consultivo mas fizemos questão de incluí-lo pois, na prática, é assim que a CBMoema funciona, de forma bem democrática”, explica Yamashita. É o que hoje chamamos Grupo Base.

Outros pontos importantes a serem destacados no estatuto são o equilíbrio entre diretoria e presbitério em termos de decisão e o fato de a CBMoema ter a intenção de se filiar à Convenção Batista Brasileira.

O texto final completo do estatuto estará disponível aos interessados. Basta solicitá-lo pelo e-mail cbmoema@cbmoema.com.br.

 

22 de janeiro de 2013

Quem serão os membros fundadores da CBMoema?

Em março deste ano, nossa comunidade se tornará uma igreja local autônoma. Parte importante deste processo é a definição dos membros fundadores. Isto porque a membresia:

  • Manifesta compromisso com o projeto da igreja;
  • Possibilita à liderança saber exatamente quanto somos e qual é nosso perfil;
  • Promove coesão e noção de pertencimento – somos parte de uma família e de uma causa maior que nós mesmos;
  • Habilita a participar de decisões que envolvem aspectos jurídicos e organizacionais tais como contratação de pastores, aquisição ou alienação de patrimônio, alteração de estatuto etc.

Além da decisão de ser um seguidor de Jesus manifesta publicamente por meio do batismo voluntário, o processo para se tornar membro da CBMoema tem outras duas etapas: participação em um breve curso (a ser ministrado em diversos formados e datas) e entrevista com um dos líderes.

O curso abordará temas como o que é ser igreja, nosso credo (e no que não cremos!) e nossos valores. As entrevistas com os interessados, por sua vez, tem como objetivos estabelecer um contato pessoal com os frequentadores e esclarecer dúvidas teológicas ou sobre o projeto de nossa comunidade.

Se você quer ser um dos membros fundadores da CBMoema, indique seu interesse no Cartão Conexão no domingo ou envie um e-mail para cbmoema@cbmoema.com.br.

 

14 de dezembro de 2012

Qual o sonho de Jesus para sua igreja hoje em São Paulo?

Continuamos avançando no planejamento da nossa autonomia em março de 2013! Os cinco grupos trabalham no momento: desenvolvem ideias e produzem a documentação necessária. O grupo com o qual tenho me envolvido mais ativamente é o chamado Essência e Estratégia.

Desde a primeira reunião, conversamos sobre o desafio de “arquitetar” uma igreja que mostrasse aos paulistanos outra perspectiva do que significa seguir Jesus – diferente da que prega a prosperidade financeira ou física aqui na Terra.

Gosto do termo “arquitetos” do projeto de uma igreja. Provavelmente recorro a ele em vista da recente notícia do falecimento de Oscar Niemayer. Com seus projetos arrojados e criativos, ele mostrou que arquitetura é um misto de arte e engenharia. A mente criativa pode imaginar coisas fantásticas! E a mente estruturada precisa pensar os processos, materiais e meios de concretizar o que se imagina. Sem isso não há obra final, apenas rascunhos num papel.

Por esta razão este grupo exerce um papel tão importante! Precisa pintar os contornos de uma igreja que revele o verdadeiro ensino de Jesus ao mundo (essência). Depois, estruturar isso num conjunto de processos, DNA cultural e valores organizacionais (estratégia).

Para o primeiro passo precisamos ter claro o sonho de Jesus para sua igreja (e qual a implicação de vivermos este sonho hoje em uma cidade como São Paulo). Para o segundo, é preciso desenhar uma organização que jogue no time do organismo vivo que é a igreja. Caso contrário, ela se tornará um emaranhado complexo de burocracias em que membros, voluntários e funcionários são meras engrenagens.

Quando Jesus disse que estaria presente onde dois ou três estivessem reunidos em seu nome, indicou que a essência da igreja está mesmo nos relacionamentos. Por isso, no projeto da CBMoema, pastoreio, ensino e discipulado terão atenção especial.

Desenhamos todo o processo desde quando uma pessoa chega na CBMoema pela primeira vez, como visitante, e todas as etapas pelas quais ela passaria para poder crescer espiritualmente, tornando-se um cristão maduro. A isso chamamos processo de integração, no qual os ministérios de Recepção, Pequenos Grupos e Ensino (CTD) estão diretamente envolvidos.

Na próxima semana, apresentaremos as ideias para o grupo Governança e discutiremos a declaração doutrinária da nossa comunidade e outros tópicos relacionados à essência.

Convidamos você a tomar parte deste trabalho, com sua mente artística ou estratégica, porque a CBMoema é um projeto a ser construído juntos!

Fernando Cruz, pastor da CBMoema

 

29 de novembro de 2012 

No domingo 7 de outubro, quando a CBMoema completou 3 anos, foi projetado um eslaide que dizia: faltam 147 dias. Mas para quê?

Comecemos do começo, como se diz.

Em 2009, a Igreja Batista do Morumbi (IBMorumbi), que existe há mais de 30 anos, decidiu que uma das maneiras de levar a mensagem do Evangelho para mais pessoas seria iniciar um trabalho em novo local de São Paulo. Fundou-se, então, a Comunidade Batista em Moema com um grupo de pessoas oriundas da IBMorumbi. Paulo Moreira Filho, um dos pastores da equipe, foi desafiado a liderar a nova igreja em formação.

Desde então, temos nos reunido aos domingos em diferentes lugares – começamos nos hotéis Quality e Bourbon, passamos pela sede da Igreja Batista do Itaim por um breve período e hoje alugamos salas no prédio do Secovi. Crescemos (hoje, somos quase 300 pessoas!) e amadurecemos.

Para funcionarmos como organização que somos, precisamos de uma estrutura: estatuto, CNPJ, orçamento, conta bancária, diretoria etc. Isto do ponto de vista, digamos, burocrático. Também precisamos, como organização, ter os nossos valores, nossa liderança, nossas metas, estratégias e ações.

Hoje, a CBMoema funciona por meio da IBMorumbi, a quem temos tanto o que agradecer por tudo o que tem feito nestes três anos. Mas o “filho” cresceu e já pode e deve andar com as próprias pernas. Por isto, os 147 dias mencionados no eslaide, hoje pouco mais de 100, são os que faltam para o domingo 3 de março. Nesta data, a CBMoema deve se organizar, oficialmente, como uma igreja independente.

Processo de autonomia, então, é tudo o que temos de planejar e realizar para que, neste dia, aconteça o culto oficial de inauguração ou fundação da CBMoema. Há 5 grupos trabalhando desde meados deste ano para tal. A seguir resumimos as atribuições de cada um deles. Esta explicação, por exemplo, é parte do plano de comunicação, cuja missão é manter todos informados sobre o que está acontecendo (e o que ainda precisa acontecer) dentro do que explicamos aqui.

Se você quer contribuir em algum dos grupos ou enviar alguma dúvida ou sugestão, o melhor canal é o e-mail cbmoema@cbmoema.com.br.

Envolva-se, a igreja são todas as 300 pessoas que hoje participam dos cultos aos domingos!

 

Grupos de trabalho

Legal – Líder: Douglas Yamashita – Elaboração dos estatutos, regimento interno e demais providências necessárias para formação da organização (pessoa jurídica)

Finanças – Líderes: Hans Claassen e Rodigo Iwanick – Preparação do orçamento para 2013, definição dos procedimentos de tesouraria e auditoria

Comunicação – Líder: Lucas Freitas – Informações claras e criativas sobre todo o processo de autonomia

Governança – Líderes: Paulo Moreira e Paulo Schimenes – Definição da forma como a comunidade será liderada e formação desta liderança

Estratégia – Líder: Fernando Cruz – Definição de missão, visão, valores e planejamento a curto e médio prazos

Book your tickets