Um cabo de aço indestrutível

“A amizade é uma união profunda que se desenvolve quando duas pessoas que falam a verdade uma à outra em amor caminham juntas em direção ao mesmo horizonte. A amizade espiritual é a jornada mais formidável de todas, pois o horizonte é elevado e distante e, no entanto, absolutamente certo: nada menos que ‘o dia de Cristo Jesus’ e aquilo que seremos quando finalmente o virmos face a face” (Tim Keller, O Significado do Casamento, p. 141).
Um dos eixos da comunidade cristã é a amizade. Quando lemos sobre os primeiros seguidores de Jesus nos Atos dos Apóstolos, ficamos encantados com a qualidade do relacionamento que havia entre eles. Alegria, vida compartilhada, ajuda mútua, música e refeições comunitárias eram experiência do dia-a-dia. Apesar de serem pessoas diferentes, procedentes de culturas e países diferentes, o que os uniu não foi a religião que professavam, o judaísmo, mas a pessoa que havia transformado sua vida – Jesus! Este vínculo da graça de Deus é como “um cabo de aço indestrutível” conectando pessoas de diferentes classes sociais, temperamentos, culturas, etnias, sensibilidade e história de vida (op. cit., p. 138).
Essa realidade espiritual que já existe em Cristo precisa tornar-se experimental. Isso só acontece quando não vivemos isolados uns dos outros. As celebrações de domingo propiciam um encontro prazeroso e abençoado da família de Deus. No que chamamos de Pequenos Grupos (PGs), essa convivência aprofunda-se. Cultivamos a amizade cristã, ouvimos a voz de Deus por meio da reflexão bíblica, oramos uns pelos outros, rimos e choramos juntos.
Hoje, temos 16 grupos e há espaço para crescimento e multiplicação. No último domingo de setembro (25), conhecemos melhor o que os PGs representam para pessoas de todas as idades. Assista aos vídeos, procure um PG ou convide alguém para o seu. Meu desejo é que ninguém esteja ou sinta-se só em nossa comunidade.

Paulo Moreira Filho
Pastor da CBMoema

Book your tickets